Facebook YouTube Twitter
Linhas

Informação Útil

Pitiríase Rosada de Gilbert

A Pitiríase Rosada de Gibert é uma dermatose benigna autolimitada que pode durar duas a catorze semanas. De etiologia desconhecida, alguns autores têm colocado a hipótese de poder ser causada por um vírus do Herpes humano, o HHV6 ou o HHV7 mas, essa hipótese carece de confirmação.

Manifestações clínicas: 
Na maior parte dos casos o diagnóstico clínico é simples e automático para o Dermatologista experiente; as lesões caracterizam-se por manchas vermelhas (máculas eritematosas) com um bordo discretamente descamativo, de forma oval e que se sucedem a uma mancha maior designada habitualmente por “mancha mãe”; localizam-se predominantemente no tronco e membros superiores mas, em raras ocasiões podem estender-se aos membros inferiores e mesmo face. 
A ausência de sintomas (nomeadamente prurido) é a regra mas, existem excepções.

 
Pitiriase Rosada – lesões maculares tipicas; pormenor das lesões

 
Pitiriase  Rosada – Lesões do tronco; imagem de conjunto

 
Pitiriase Rosada – Lesões extensas do tronco com “mancha mãe” de grandes dimensões

Terapêutica: 
Apesar da tendencia para a cura espontânea, os banhos com produtos à base de aveia coloidal seguidos pela aplicação de um hidratante corporal também à base de aveia poderá ajudar; nalguns casos poderá ser útil a aplicação de um corticoide tópico de fraca potencia (Aceponato de metilprednisolona) sob a forma de emulsão. 
Na dúvida, o Dermatologista deverá solicitar análises clinicas para despiste de uma Sifílis secundária.

« voltar

© 2018, CLINICA LASER DE BELEM, Todos os direitos reservados. HBRdesign